SOBRE NÓS

ORIGENS

A NOVA, com otimismo e muito trabalho, foi criada para ser um legítimo instrumento cooperativista. Nasceu da vontade e determinação de um grupo de produtores e, tal como aconteceu nos primórdios do cooperativismo, teve origem nas necessidades comuns de seus fundadores e produtores da região Noroeste.
O projeto, de inspiração econômica, social, e também cultural, buscou com prioridade, desde o início, maior segurança na produção para os agricultores e a consequente melhoria de resultados nas suas atividades, exploradas na então definida área de ação. A busca por uma alternativa que fosse ao encontro desse objetivo, principalmente diante da forte crise do setor agrícola, deu origem às ações de criação e consolidação da NOVA.
Foi pela implantação desse projeto que ela nasceu: uma entidade cooperativista cujas ações foram fundamentadas na democracia, na participação e na transparência de seus atos, buscando o desenvolvimento e a melhoria das atividades da região, além da otimização de resultados aos cooperados.

CENÁRIO REGIONAL

A existência de uma cooperativa própria, que tivesse a correta e abrangente compreensão da vocação regional, sempre foi de importância quase vital para a economia dos agricultores da região, em que a economia é calcada principalmente na produção primária e composta substancialmente de mini e pequenos produtores. As frequentes crises que atingem o setor da agricultura são bem conhecidas pelos produtores da região e foram os principais motivadores para fundação da NOVA:

  • Em 1975, praticamente dizimados os cafezais, pela forte geada ocorrida, os produtores tiveram de buscar alternativas para o cultivo em suas terras.
  • As principais culturas passaram a ser soja, milho, trigo, mandioca e outros produtos, com ênfase posterior para o algodão.
  • Com o desenvolvimento da cultura do algodão, o produto deu sustentação econômica à região até 1994.
  • Desde então, a produção agrícola na região se encontra centrada, além da cana-de-açúcar, nas culturas de soja, milho, trigo e café.

FATOS & AÇÕES

Nesse cenário e pelas circunstâncias vivenciadas, em 23 de julho de 1999, reunidos nas dependências da Loja Maçônica Liberdade e Justiça, em Astorga, 36 (trinta e seis) agricultores assinaram a Ata de Constituição da entidade, dispostos a fazer dela um instrumento para o atingimento de maior grau de eficiência nas respectivas atividades. No final do ano 2000, a cooperativa já congregava 1.863 agricultores cooperados, o que representava cerca de 7 mil pessoas a ela ligadas.
A partir daí, a sua história passa a ser representada pela postura de estímulo ao aperfeiçoamento técnico no campo, pela busca de alternativas de maior produção, pelo aperfeiçoamento de sua estrutura global, pela busca de parcerias geradoras de progresso aos cooperados e, enfim, por um futuro melhor para todos os envolvidos ou a ela ligados.
NOVA PRODUTIVA, fazendo história cooperativismo.

ORIGEM DO LOGO

MENSAGEM DA DIRETORIA

Senhores Cooperados, Parceiros, Colaboradores e dignos Visitantes.
É muito bom tê-los em contato com a Nova Produtiva. Saibam que esta Cooperativa, para nós, não é só um motivo de orgulho. Ela é, antes de tudo, um conjunto de relações econômicas e sociais. É um instrumento de auto-ajuda entre os Cooperados.
A entidade e o bem estar de nossos Cooperados são nossas preocupações centrais e, portanto, a própria razão de ser de nossa dedicação e esforço, porque entendemos que, sendo instrumento para o desenvolvimento das atividades dos cooperados, é ela quem dá sustentação e sentido à nossa vontade, à nossa luta e ao nosso trabalho. Esses, amigos, são nossos princípios básicos e os objetivos que perseguimos diariamente, de forma contínua e permanente. Buscamos, sempre, estar imbuídos de nossa responsabilidade cooperativa na gestão da entidade.
Temos em alto grau a noção do forte e vital vínculo da Cooperativa com o cooperado e com o meio em que vivemos. Estamos cientes das carências e dificuldades das atividades agrícolas, bem como da necessidade de nossa participação responsável junto aos produtores e comunidades.
Temos sempre conosco algumas das mais importantes metas a serem perseguidas:

  • Aumentar a produtividade no campo;
  • Buscar a diversificação das explorações, observadas as vocações regionais e o resguardo do meio ambiente;
  • Obter a consolidação de alianças estratégicas que visem a agregar valor à produção de nossos cooperados;
  • Buscar o progresso dos cooperados, do seu bem-estar e de sua família, envolvendo todos os segmentos com os quais nos relacionamos;

Nosso agradecimento a todos os que, nos visitando, aqui ou em nossas Unidades, permanecerem confiantes e acreditando na Cooperativa Agroindustrial Nova Produtiva – NOVA e no trabalho de nossa Equipe.